Cachorro salva vida do dono

Quando ele decidiu que o Max em casa, alguns dias de sua vida, seu Osmar não pressupõe que o cão vai salvar a sua vida, de pouco mais de três anos depois. No domingo (23), animais, levar dois tiros para ajudar a proteger o seu utilizador contra-ataque, no centro da cidade de Garibaldi, no Rio Grande do Sul.

“Eu fui para o interior e estacionei um pouco na loja, que eu tenho, no centro da cidade. Deixou o Máximo em locais de dinheiro na loja, quando me vieram dois homens, que anunciaram a tempestade. Eles gostam de tomar uma pick-up, mas eu disse que estava sem a chave. Isto é, quando um deles sacou uma arma. Só tive tempo de desviar, e gritar “pega Max'”, diz Osmar Persico, de 47 anos.

Seu Osmar foi alcançado em uma receita, uma bala na testa. Depois que viu o sangue, o cão obedeceu mestre e atacou os assaltantes. “Ele viu o sangue e a besta foi presa. Saiu como um foguete para o ataque de ladrões. Um deles fugiu e o outro de depressão Max. Para se proteger, o ladrão acabou atirando no cão. Max livrou-me do ataque e salvou minha vida”, diz ele.

Cão salva a vida de dono nos EUA

Os ladrões fugiram, não tendo nada. Boxer, mesmo ferido, passa bem, e que ele não se recuperar de ferimentos causados por tiros.

“Ele tinha dois buracos de bala no peito e outra na direita pata dianteira, mas se recuperando bem. Já se move e imobilizamos apenas a pata ferida. Ele, o cão, é muito forte, um bravo, eu acho que não vai complicações”, diz ao G1 o veterinário Ari Glock, que veio Máximo após a ocorrência de uma situação de emergência, e é uma escort de tratamento de animais.

Max deve continuar a viver no espaço ao lado das lojas da Sua Osmar, porque a família vive em um apartamento. “Nós estamos sempre lá, fomos para a cidade a cada dia, e isso vai continuar. Ele já era importante para nós, e agora, para mim, ser especial e para sempre”, diz Persico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *